Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.



Remessas chegaram ao estado ontem e hoje e distribuição já começou.
Foto por: Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom
Remessas chegaram ao estado ontem e hoje e distribuição já começou.

Vacinação em SC: Estado recebe 394 mil doses de vacina contra a covid-19

Por: Da Redação
28/07/2021 às 11:07
Saúde

A distribuição dessas doses para as 17 Unidades descentralizadas de vigilância em saúde começou hoje pela manhã.


Quatro remessas, totalizando 394.090 doses da vacina contra a Covid-19, chegam ao estado de Santa Catarina entre terça, 27, e quarta-feira, 28, desta semana. As doses serão usadas para a vacinação da população em geral, por faixa etária e para a vacinação de pessoas dos grupos prioritários que ainda não foram vacinadas.

 

"Estamos avançando no nosso calendário vacinal e conseguindo garantir a inclusão de novas faixas etárias. Mas também é muito importante que as pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina retornem para receber a segunda dose. Apenas dessa maneira estarão 100% protegidas. O retorno gradual das atividades depende do comprometimento de todos”, destaca o governador Carlos Moisés.

 

Nesta terça, 27, o estado recebeu três remessas. Pela manhã, no mesmo voo, chegaram 36.100 doses da AstraZeneca/Covax Facility e 113.700 doses da Coronavac. No início da tarde chegou o terceiro lote, com mais 171.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz. Na quarta, 28, é esperada mais uma remessa com 72.540 doses da vacina Pfizer. O voo com essas doses deve pousar no aeroporto da Capital às 18h15.

Das 394.090 doses recebidas, 301.170 serão reservadas para a segunda dose dentro do intervalo estabelecido para cada fabricante; de 10 a 12 semanas para a AstraZeneca; de 12 semanas para a Pfizer; e de 28 dias para a Coronavac. As demais recebidas, um total de 92.920, serão encaminhadas aos municípios para aplicação da primeira dose.

 

"As vacinas encaminhadas para aplicação da primeira dose serão para a vacinação dos adultos com idade entre 30 e 39 anos. Essa vacinação deve ser realizada de forma decrescente, da maior idade para a menor. Sendo que, do total de doses recebidas, cada município deve destinar 30% para a vacinação dos trabalhadores industriais”, esclarece o superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário.

Fonte: Secom/SC







Anunciar no Portal DLNews

Seu contato é muito importante para nós! Assim que recebemos seus dados cadastrais entraremos em contato o mais rápido possível!